Você já tentou alugar ou vender um imóvel e ficou frustrado com a demora para aparecer alguém realmente interessado? Muitos fatores podem estar por trás disso, visto que, naturalmente, o tempo médio para fechar esse tipo de transação já é bem alto. Por outro lado, há algumas medidas que podem encurtar esse tempo — e uma delas é o assunto deste texto.

Por mais que isso possa parecer pouco, não tenha dúvidas: uma descrição do imóvel bem escrita pode fazer toda a diferença na hora de atrair interessados e fazer negociações. Afinal, qual é a probabilidade de um potencial comprador entrar em contato com você se ele nem entendeu direito todas as características do imóvel?

É preciso garantir que tudo seja bem esclarecido. Mais que isso, é preciso também mostrar todos os diferenciais do imóvel e mostrar aos interessados por que o seu é melhor que os outros. Tudo isso em uma quantidade limitada de caracteres.

A tarefa pode não ser fácil; nós sabemos. Mas foi pensando nisso — e com o objetivo de te ajudar — que nós preparamos este texto. Abaixo, você poderá acompanhar 5 dicas para escrever uma boa descrição do imóvel. Confira!

 

Como escrever uma descrição do imóvel: 5 dicas

 

1. Crie um título atraente

O primeiro passo sempre é pensar no título. Isso porque ele é o primeiro contato que as pessoas terão com seu anúncio. Ele deve ser claro, curto, atraente e destacar o principal atributo do imóvel; aquele que faz com que ele seja diferente de todas as outras opções disponíveis no mercado.

O que faz seu imóvel ser único? É a localização? A quantidade de cômodos? O tamanho total? O fato de já estar mobiliado? Independente de qual seja, é importante que quem esteja pesquisando saiba antes mesmo de clicar no anúncio. Esse é o tipo de isca que irá atrair as pessoas; use com sabedoria.

 

2. Destaque todas as características importantes

A característica mais importante deve ir no título. Mas ela não é o único atributo atrativo do seu imóvel, certo? Com certeza ele tem outros pontos que também merecem destaque. E eles devem, sim, ser destacados. Quando for escrever o restante da descrição do imóvel, procure priorizar essas informações.

A ordem também tem certa importância aqui. Coloque tudo que é mais importante antes para garantir que a atenção do usuário seja mantida. Muitas pessoas fecham a página antes mesmo de ler até o final, então é importante que as informações de maior relevância cheguem a elas o quanto antes.

 

3. Aposte em um texto claro e objetivo

Quando escrevemos algum texto, qualquer que seja ele, o principal objetivo é ser capaz de transmitir a mensagem para quem está lendo. Fora isso, não tem porquê escrever, não concorda? Portanto, não foque em fazer uma descrição do imóvel rebuscada e complicada; foque em fazer com que as pessoas entendam o que está escrito ali.

Outro ponto muito importante é a objetividade. Não fique enrolando. O que as pessoas que estão buscando imóveis querem saber são as características e vantagens de cada casa ou apartamento. Tenha objetividade em mostrar isso para prender a atenção e fazer com que a pessoa se interesse ainda mais.

 

4. Escreva pensando no Google

Sim, nós sabemos que os potenciais compradores são o alvo da descrição do imóvel e que o texto deve ser escrito diretamente para eles. Mas, antes do usuário, é preciso pensar no Google. Afinal, é ele que irá mostrar seu imóvel nos resultados de pesquisa. Se o seu texto não estiver de acordo com o que o Google determina como “bom”, dificilmente ele aparecerá para as pessoas.

E a melhor forma de pensar no Google é se colocando no lugar do usuário. O que você imagina que seu comprador em potencial escreveria para encontrar um bom imóvel? Coloque essas palavras ao longo da sua descrição — de preferência mais de uma vez e, se possível, no título.

Assim, você estará oferecendo o que ele procura. Consequentemente, o Google entregará sua página, pois o objetivo da ferramenta é mostrar aos usuários os melhores resultados com base no que eles estão buscando.

 

5. Inclua fotos de alta qualidade

Por fim, uma dica que não diz respeito diretamente à escrita de uma boa descrição do imóvel — mas que é tão importante quanto. Quando está prestes a comprar um produto, qualquer que seja, você gosta de ver fotos dele, não? Isso é fundamental para ter uma ideia mais concreta de como ele é.

O mesmo acontece com os imóveis. Antes mesmo de entrar em contato ou marcar uma visita, é essencial que o interessado veja fotos para ter a certeza de que o local corresponde ao que ele imagina.

Para que as fotos ajudem sua venda, capriche nelas. Use a melhor câmera que tiver disponível, tenha uma iluminação que favoreça as fotos e deixe o local bem organizado.

 

Tudo isso pode parecer um pouco difícil; mas não se você tiver o auxílio de uma imobiliária! Essas empresas são especializadas no assunto e podem te ajudar a elaborar a melhor descrição do imóvel possível — ajudando a vender mais rápido. Quer saber mais? Então entre em contato conosco!